Info Equestre
Artigos Edição 5º Ano 2020

Ocorrência do Mormo Equino na Região de Formoso do Araguaia – TO

Ocorrência do Mormo Equino na Região de Formoso do Araguaia - TO 1
V.5, Ed.1, N.53 (2020)

OCORRÊNCIA DO MORMO EQUINO NA REGIÃO DE FORMOSO DO ARAGUAIA – TO

 

BRITO, G. F.1; GUIMARÃES, A. L. S.2

1Acadêmico do Curso de Medicina Veterinária no Centro Universitário Luterano de Palmas – CEULP/ULBRA. Técnico em Agronegócio – IFTO – Campus Gurupi.  Email: [email protected]

2Veterinária. Doutora em Ciência Animal. Professora no CEULP/ULBRA.

RESUMO

O objetivo do levantamento foi relatar a ocorrência do mormo equino na região de Formoso do Araguaia – Tocantins. Foi realizada por meio da abordagem qualitativa e descritiva, por análise de dados em documentação em instituições públicas que constava relatos sobre a situação da zoonose e dados sobre a cadeia produtiva da região.

Na produção agropecuária, com ênfase ao agronegócio equestre, o município de Formoso do Araguaia conta com 4.036 cabeças de equinos, distribuídos em 889 unidades agropecuárias e 1,629 cabeças de muares distribuídos em 416 unidades agropecuárias. Em julho de 2015, o Tocantins registrou os primeiros casos de Mormo, em uma propriedade no município de Formoso do Araguaia.

Foram confirmados 24 casos da doença em equinos no município ainda com alertas para municípios limítrofes ao foco. Os equídeos de qualquer idade são susceptíveis, porém, com maior incidência em animal idoso, debilitado e sujeito a situações de estresse. Não existe cura para a doença, tratamento ou vacinas eficazes. Portanto, o sacrifício dos equídeos é a forma mais eficaz de controle da enfermidade.

Palavras Chaves: mormo; equinos; zoonose; epidemiologia.

 

OCCURRENCE OF THE EQUINE MORM IN THE FORMRAO OF ARAGUAIA – TO REGION

ABSTRACT

The purpose of the survey was to report the occurrence of equine glanders in the region of Formoso do Araguaia – Tocantins. It was carried out through a qualitative and descriptive approach, by analyzing data in documentation in public institutions that contained reports on the situation of zoonosis and data on the region’s production chain.

In agricultural production, with emphasis on equestrian agribusiness, the municipality of Formoso do Araguaia has 4,036 heads of horses, distributed in 889 agricultural units and 1,629 heads of mules distributed in 416 agricultural units. In July 2015, Tocantins recorded the first cases of Mormo, on a property in the municipality of Formoso do Araguaia. Twenty-four cases of the disease in horses in the municipality were confirmed, with alerts for municipalities bordering the outbreak.

Equidae of any age are susceptible, however, with a higher incidence in elderly animals, weak and subject to stressful situations. There is no cure for the disease, treatment or effective vaccines. Therefore, the sacrifice of equidae is the most effective way to control the disease.

Key words: mormo; equines; zoonosis; epidemiology.

 

OCURRENCIA DE LA MORME EQUINA EN LA REGIÓN FORMOSO DO ARAGUAIA -TO

RESUMEN

El propósito de la encuesta fue informar sobre la ocurrencia de muermo equino en la región de Formoso do Araguaia – Tocantins. Se llevó a cabo mediante un enfoque cualitativo y descriptivo, mediante el análisis de datos en la documentación de instituciones públicas que contenían informes sobre la situación de las zoonosis y datos sobre la cadena de producción de la región. En la producción agrícola, con énfasis en los agronegocios ecuestres, el municipio de Formoso do Araguaia tiene 4.036 cabezas de caballos, distribuidas en 889 unidades agrícolas y 1.629 cabezas de mulas distribuidas en 416 unidades agrícolas.

En julio de 2015, Tocantins registró los primeros casos de Mormo, en una propiedad en el municipio de Formoso do Araguaia. Se confirmaron veinticuatro casos de la enfermedad en caballos en el municipio, con alertas para los municipios que bordean el brote. Los équidos de cualquier edad son susceptibles, sin embargo, con una mayor incidencia en animales de edad avanzada, débiles y sujetos a situaciones estresantes. No existe cura para la enfermedad, el tratamiento o las vacunas efectivas. Por lo tanto, el sacrificio de los équidos es la forma más efectiva de controlar la enfermedad.

Palabras clave: mormo; equinos zoonosis epidemiología

 

 

Ocorrência do Mormo Equino na Região de Formoso do Araguaia - TO 11

Você precisa de um PLANO DE ASSINATURA
Entrar
*
Usuário
O nome de usuário não pode ser deixado em branco.
Please enter valid data.
*
Senha
A senha não pode ser deixada em branco.
Please enter valid data.
Por favor, insira pelo menos 1 caracteres.
Entrar
 
 
 

Posts relacionados

Uso de Antibióticos e Resistência Antimicrobiana

Redação InfoEquestre

Exame da Cavidade Oral

Redação InfoEquestre

Mormo em Equinos: Importância, Tipos e Prevenção

Redação InfoEquestre

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Mais

error: Conteúdo protegido !!