Info Equestre
Edição 6º Ano 2021 Clínica

Determinação do Grau de Ulceração Gástrica Pelo Teste de Permeabilidade Gástrica À Sacarose ou Pelo Teste de Sangue Oculto nas Fezes Comparado a Gastroscopia em Equinos

Determinação do Grau de Ulceração Gástrica Pelo Teste de Permeabilidade Gástrica À Sacarose ou Pelo Teste de Sangue Oculto nas Fezes Comparado a Gastroscopia em Equinos 1

V.6, Ed.1, N.94(2021)

DETERMINAÇÃO DO GRAU DE ULCERAÇÃO GÁSTRICA PELO TESTE DE PERMEABILIDADE GÁSTRICA À SACAROSE OU PELO TESTE DE SANGUE OCULTO NAS FEZES COMPARADO A GASTROSCOPIA EM EQUINOS

Abreu, Mayara Caetano; Garbade, Petra;

DETERMINATION OF GASTRIC ULCERATION GRADE IN HORSES BY THE SUCROSE PERMEABILITY TEST AND THE FECAL OCCULT BLOOD TEST BY COMPARISON WITH GASTROSCOPY

Data introduced by this paper originate from a study carried out in a Master’s program in 2018. Investigations into alternatives to gastroscopy have been conducted in order to diagnose and evaluate grading of the Equine Gastric Ulcer Syndrome (EGUS). Objectives: to determine efficiency of the Sucrose Permeability test and intensity of the Fecal Occult Blood (FOB) test to evaluate grading of gastric lesions by comparison with gastroscopy.

Experimental procedure: sixteen horses, between 4 and 6 years old, that belong to the Regimento Osório, in Porto Alegre, Rio Grande do Sul (RS) state, Brazil, were studied. They underwent a 20-hour food fast and a 10-hour water fast, besides nasogastric tube insertion, before gastroscopy. Through nasogastric route, 250 g sucrose was administered and blood was collected at 0 min, 45 min and 90 min. Samples were then analyzed by High-performance Liquid Chromatography (HPLC).

Analysis of FOB was carried out with feces samples collected rectally by means of the Meyer-Johannssesen’s reagent and classification of occult blood intensity.    Results and conclusion: 43.75% did not exhibit any gastric lesion, 31.25% had Grade 1 and 2 lesions and 25% had Grade 4 lesions. The Sucrose Permeability test proved to be a reliable auxiliary diagnosis in Grades from 3 on. The analysis of intensity of FOB did not evaluate grading of gastric lesions, but all horses that had gastric disorders were positive in the test.

Key words: Chromatography, Endoscopy, Gastritis, EGUS

 

Os dados apresentados neste artigo são oriundos do estudo de mestrado no ano de 2018. A investigação de métodos alternativos a gastroscopia para o diagnóstico e mensuração da graduação da Síndrome da Úlcera Gástrica em Equinos tem sido constatada. Objetivos: verificar a eficiência dos testes de Permeabilidade Gástrica à Sacarose e pela intensidade de Sangue Oculto nas Fezes na mensuração da graduação de lesões estomacais comparadas a Gastroscopia.

Procedimento experimental: 16 cavalos, com a idade de 4 a 6 anos, do Regimento Osório/RS. Para a gastroscopia foi instituído jejum alimentar de 20 horas e hídrico de 10 horas mais a sondagem nasogástrica. Foi administrado 250g de sacarose, por via nasogástrica, o sangue foi coletado no momento zero, 45 e 90min, para posterior análise por Cromatografia Líquida de Alta Eficiência.

A análise do Sangue Oculto nas Fezes, foi realizada por amostra de fezes por via retal através do Reativo de Meyer e classificação da intensidade de sangue oculto. Resultados e Conclusão: 43,75% não apresentaram quaisquer lesão estomacal, 31,25% apresentaram lesão grau 1 e 2, 25% apresentaram lesões grau 4. O teste de Permeabilidade Gástrica à Sacarose demonstrou ser um diagnóstico auxiliar confiável em grau maior ou igual a 3. A análise da intensidade de Sangue Oculto nas Fezes não mensurou a graduação das lesões estomacais, mas todos os cavalos com alterações gástricas foram positivos ao teste.

Palavras-Chave: Cromatografia, Endoscopia, Gastrite, SUGE

PARA CONTINUAR, ASSINE UM PLANO 
Entrar
*
Usuário
O nome de usuário não pode ser deixado em branco.
Please enter valid data.
*
Senha
A senha não pode ser deixada em branco.
Please enter valid data.
Por favor, insira pelo menos 1 caracteres.
Entrar
 
 
 

Posts relacionados

Encefalopatia Hepática por Crotalaria Retusa

Redação InfoEquestre

Otohematoma em Equinos

Redação InfoEquestre

Uso de Células-Troncos para Tratamento da Laminite em Equinos – Revisão de Literatura

Redação InfoEquestre

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Mais

ASSINE AGORA 

O maior portal técnico Equestre com + de 600 conteúdos disponível com publicações diárias.
 
ASSINAR
close-image
error: Conteúdo protegido !!