Info Equestre
Edição 5º Ano 2020 Reprodução

Distocia na Medicina Obstétrica de Éguas

Distocia na Medicina Obstétrica de Éguas 1
V.5, Ed.1, N.73(2020)

DISTOCIA NA MEDICINA OBSTÉTRICA DE ÉGUAS

DISTOCHY IN OBSTETRIC MARES MEDICINE

Ariadne Samanta Ribeiro dos Santos
[responsivevoice_button voice=”Brazilian Portuguese Female” buttontext=”Clique para Ouvir”]

RESUMO: O parto distócico caracteriza-se como um parto dificultoso, de origem fetal ou materna, que requer intervenções para garantir o nascimento e bem-estar do feto e da fêmea gestante. A distocia é uma eventualidade que ocasionalmente acomete a espécie equina, entretanto deve ser tratada de maneira emergencial e ser abordada com rapidez e eficiência.

Esta é uma ocorrência que pode ser responsável por desencadear impactantes prejuízos econômicos, bem como ser fatal para ambos os envolvidos, feto e parturiente, além de comprometer a vida reprodutiva da mãe. O atendimento deve ser prontamente executado, incorporando um exame clínico completo, com planejamento para realizar a conduta ideal.

Portanto, o proprietário deve ser orientado acerca da importância do acompanhamento pré-natal da égua e elucidado a respeito das possíveis consequências causadas pela distocia, com objetivo de torná-lo mais consciente.


Palavra-chave: Obstetrícia, intervenção obstétrica, neonato, potro.


ABSTRACT:
Dystocic delivery is characterized as a difficult delivery, of fetal or maternal origin, which requires interventions to guarantee the birth and well-being of the fetus and the pregnant female. Dystocia is an eventuality that occasionally affects the equine species, however it must be treated in an emergency manner and be addressed quickly and efficiently. This is an occurrence that can be responsible for triggering impactful economic losses, as well as being fatal for both involved, fetus and parturient, in addition to compromising the mother’s reproductive life.

Care must be promptly performed, incorporating a complete clinical examination, with planning to perform optimal conduct. Therefore, the owner must be educated about the importance of prenatal care for the mare and clarified about the possible consequences caused by dystocia, in order to make him more aware.

Keywords: Obstetrics, obstetric intervention, neonate, foal.

PARA CONTINUAR, ASSINE UM PLANO 
Entrar
*
Usuário
O nome de usuário não pode ser deixado em branco.
Please enter valid data.
*
Senha
A senha não pode ser deixada em branco.
Please enter valid data.
Por favor, insira pelo menos 1 caracteres.
Entrar
 
 
 

Posts relacionados

Transferência de Imunidade Passiva no Neonato Equina

Redação InfoEquestre

Vesiculite Seminal em Equinos

Redação InfoEquestre

Síndrome Metabólica Equina

Redação InfoEquestre

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Mais

error: Conteúdo protegido !!

ASSINE AGORA

O maior portal técnico Equestre com + de 600 conteúdos disponível com publicações diárias.

Congresso
100% ONLINE
100% Idealizado pela InfoEquestre