Info Equestre
Edição 6º Ano 2021 Ortopedia

Ferrageamento Ortopédico em Equinos com Comprometimento Flexural Profundo dos Membros

Ferrageamento Ortopédico em Equinos com Comprometimento Flexural Profundo dos Membros 1
V.6, Ed.1, N.61(2021)

FERRAGEAMENTO ORTOPÉDICO EM EQUINOS COM COMPROMETIMENTO FLEXURAL PROFUNDO DOS MEMBROS

ORTHOPEDIC SHOEING FOR HORSES WITH DEEP FLEXURAL IMPAIRMENT OF THE LIMB

Vida Maria Martins França¹

Gabriel Akaui Cespedes¹

Victor Aercio da Silva¹

Profa. Dra. Liege Cristina Garcia da Silva²

 

RESUMO

A espécie equina, ao longo de sua evolução, sofreu intensas mudanças em seu aparato locomotor desenvolvendo e aperfeiçoando sua anatomia e fisiologia resultando na perfeita biomecânica de um exímio corredor. Associado à necessidade de percorrer longas distancias, o ser humano passou a utilizar estes animais não só como fonte de alimento mas também como meio de transporte, o que deu início à sua domesticação e a preocupação com a integridade e higidez de sua nova locomotiva.

A partir do domínio das técnicas metalúrgicas e da disseminação da utilização dos metais no dia a dia, as primeiras ferraduras surgiram como uma forma de proteção ao casco equino, perdurando e aperfeiçoando a técnica até os dias atuais. A utilização do ferrageamento como forma de tratamento das enfermidades do aparato locomotor surgiu a partir da necessidade de promover conforto aos animais com claudicação e deformidades aparentes além da proteção de estruturas sensibilizadas, e vem ganhando notável espaço no mercado da equideocultura, principalmente no meio desportivo.

Atualmente diversas afecções podem ser tratadas primariamente ou com o ferrageamento e casqueamento de forma adjuvante, principalmente as de origem tendínea e ligamentar, por meio de alterações pontuais das ferraduras, sendo estas estritamente dependentes da prévia avaliação visual e, em alguns casos associada também a avaliação por imagem das estruturas do casco e adjacentes demonstrando que, ferrageamento ortopédico, por mais simples que tenham sido seus primórdios, exige o pleno conhecimento anatomofisiológico e biomecânico, sendo estes fatores decisivos para um bom resultado. No mais, o estudo e domínio das técnicas de ferrageamento pelo médico veterinário é de suma importância, visto a sua ampla possibilidade de aplicação na rotina médica equina.

 

Palavras-chave: ferrageamento ortopédico; claudicação; tendões.

 

ABSTRACT

The equine species, throughout its evolution, underwent intense changes in its locomotor apparatus, developing and improving its anatomy and physiology, resulting in the perfect biomechanics of an excellent runner. Associated with the need to travel long distances, human beings started to use these animals not only as a food source but also as a transportation, which started their domestication and the concern with the integrity and health of their new locomotive.

From the mastery of metallurgical techniques and the dissemination of the use of metals in everyday life, the first horseshoes emerged as a form of protection for the equine hoof, lasting and improving the technique until today. The use of farriery to treat diseases of the locomotor apparatus arose from the need to provide comfort to animals with lameness and apparent deformities, in addition to protecting sensitized structures, and has been gaining notable space in the equine market, especially in sports.

Currently, several conditions can be treated primarily or with adjuvant shoeing and trimming, especially those of tendon and ligament origin, through specific changes in the horseshoes, which are strictly dependent on prior visual assessment and, in some cases, also associated with the assessment by image of the hull and adjacent structures, demonstrating that orthopedic hardware, no matter how simple its beginnings, requires full anatomophysiological and biomechanical knowledge, and these factors are decisive for a good result. Furthermore, the study and mastery of shoeing techniques by the veterinarian is of paramount importance, given its wide possibility of application in equine medical routine.

 

Key-words: therapeutic farriery; lameness; tendons.

PARA CONTINUAR, ASSINE UM PLANO 
Entrar
*
Usuário
O nome de usuário não pode ser deixado em branco.
Please enter valid data.
*
Senha
A senha não pode ser deixada em branco.
Please enter valid data.
Por favor, insira pelo menos 1 caracteres.
Entrar
 
 
 

Posts relacionados

Causa e Prevenção de doenças que afetam o casco de Equinos – Dermovilite Exudativa e Broca de Casco

Redação InfoEquestre

Tratamento de Tendinite Equina com Plasma Rico em Plaquetas e Fisioterapia: Características e Eficiência

hugo garcia da silveira 16996446886

Mecanismos do Sono Equino e Suas Particularidades

Redação InfoEquestre

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Mais

error: Conteúdo protegido !!

ASSINE AGORA

O maior portal técnico Equestre com + de 600 conteúdos disponível com publicações diárias.

Congresso
100% ONLINE
100% Idealizado pela InfoEquestre