Info Equestre
Reprodução Edição 2° Ano 2017

Hormonioterapia na Sincronização de Estro e Indução da Ovulação em Éguas

Hormonioterapia na Sincronização de Estro e Indução da Ovulação em Éguas 1
V.2, n.53 (2017)

Hormonioterapia na Sincronização de Estro e Indução da Ovulação em Éguas

Na espécie equina, há grande variabilidade na duração do período estral e no período entre seu início e a ovulação. As éguas são consideradas poliéstricas estacionais, ou seja, têm ciclo reprodutivo dividido em período de competência sexual (Estação reprodutiva) durante a primavera/verão e de incompetência sexual (Estação não reprodutiva) no outono/inverno, sendo esta característica marcante nas regiões onde há grande variação fotoperiódica durante o ano, fazendo com que fora desta estação elas apresentem períodos prolongados e anovulatórios (Transição de primavera e transição de outono), além do anestro que se estenderá de maio à agosto no Brasil, conforme Oliveira e Souza, 2003.

Você precisa de um PLANO DE ASSINATURA

Entrar
*
Usuário
O nome de usuário não pode ser deixado em branco.
Please enter valid data.
*
Senha
A senha não pode ser deixada em branco.
Please enter valid data.
Por favor, insira pelo menos 1 caracteres.
Entrar
 
 
 

Posts relacionados

Mielopatia Estenótica Cervical, Ataxia do Potro ou Síndrome de Wobbler

hugo garcia da silveira 16996446886

O cavalo está com febre? O que isso significa? O que fazer?

Redação InfoEquestre

Hidrocefalia e Ciclopia em Equinos

hugo garcia da silveira 16996446886

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Mais

error: Conteúdo protegido !!

ASSINE AGORA

O maior portal técnico Equestre com + de 600 conteúdos disponível com publicações diárias.

Congresso
100% ONLINE
100% Idealizado pela InfoEquestre