Info Equestre
Reprodução Edição 4° Ano 2019

Lacerações Perineais e de Cérvix em Éguas

Lacerações Perineais e de Cérvix em Éguas

A ocorrência de traumas no trato reprodutivo de éguas pode ser observada em virtude das alterações que são causadas durante o parto. Comumente, observam-se lacerações perineais e de cérvix no pós-parto que podem evoluir para complicações mais graves, estando entre os principais traumas cirúrgicos que são encontrados.

            As mudanças na conformação anatômica do trato reprodutivo caudal durante o parto são as maiores responsáveis pelo surgimento destas afecções, principalmente em casos onde o parto eutócico não acontece. A probabilidade aumenta quando ocorre distocia fetal, quando o casco se prende nas dobras da vagina, por prestação de assistência incorreta e por cruzamentos com garanhões de porte maior, gerando potros grandes (STAINKI E GHELLER, 2001).

Para continuar, faça o login:

Ou, não tem cadastro? Preencha o formulário

Posts relacionados

Comportamento Reprodutivo de Equinos

Lilian Vidal

Conhecendo a Evolução dos Cavalos. Curiosidades Adaptativas da Espécie que Mais Esteve Presente nas Conquistas da Humanidade.

Lilian Vidal

Placentite em Éguas

Redação InfoEquestre

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Mais

Política de Privacidade e cookies
error: Conteúdo protegido !!