Info Equestre
Neonatologia Edição 3° Ano 2018

Uso de plasma hiperimune em potros

Uso de plasma hiperimune em potros 1
v . 3 , n. 7 (2018)

Uso de plasma hiperimune em potros

Os potros ao nascerem não possuem imunidade contra os diversos microorganismos que podem desencadear processos infecciosos que causam diarreias e pneumonias, por exemplo, e até mesmo a morte do neonato devido ao tipo placentário da espécie equina. Erros de manejo, animais órfãos e a falha na imunidade passiva (imunidade transferida da mãe para a cria através do colostro) são alguns dos problemas que devem ser prevenidos para que haja menos perdas econômicas, ocorra o desenvolvimento normal e diminua a mortalidade desses animais nos momentos iniciais da vida. Em alguns casos, o plasma hiperimune pode ser mais uma alternativa nos primeiros dias de vida e até mesmo como reforço contra diversas doenças infecciosas em qualquer momento.

Você precisa de um PLANO DE ASSINATURA

Entrar
*
Usuário
O nome de usuário não pode ser deixado em branco.
Please enter valid data.
*
Senha
A senha não pode ser deixada em branco.
Please enter valid data.
Por favor, insira pelo menos 1 caracteres.
Entrar
 
 
 

Posts relacionados

Microfisioterapia em Equinos a arte da imposição de mãos.

Redação InfoEquestre

Importância do comportamento em vida livre dos cavalos

Redação InfoEquestre

Endoscopia Do Sistema Respiratório dos Equinos

Lorena Monteiro

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Mais

Política de Privacidade e cookies
error: Conteúdo protegido !!