Info Equestre
Notícias Edição 5º Ano 2020

Acidose em Equinos

Acidose em Equinos 1
V.5, Ed.1, N.219 (2020)

ACIDOSE EM EQUINOS

SILVEIRA, A.P.

Médica Veterinária CRMV 17514

RESUMO

A acidose é um distúrbio que ocorre em equinos decorrente de enfermidades primárias ou exaustão muscular, se manifesta de formas variáveis de acordo com a causa do desequilíbrio, a avaliação laboratorial é necessária para quantificar o dano a homeostase e revelar a necessidade ou não de intervenção com tratamento suporte. O artigo visa citar alguns meios fisiológicos de reequilíbrio ácido básico bem como algumas doenças que levam a manifestação.

Palavras-Chave: Acidose, equinos, desequilíbrio.

ABSTRACT

Acidosis is a disorder that occurs in horses due to primary diseases or muscle exhaustion, it manifests in different ways according to the cause of the imbalance, laboratory evaluation is necessary to quantify the damage to homeostasis and reveal the need or not for intervention with support treatment. The article aims to mention some physiological means of basic acid rebalancing as well as some diseases that lead to manifestation.

Keywords: Acidosis, horses, imbalance.

INTRODUÇÃO

Acidose é definida pelo aumento de íons de hidrogênio, ou dióxido de carbono caracterizando concentração alta, ou decréscimo do bicarbonato. As manifestações clínicas são variáveis conforme a disfunção primária, no entanto na acidose metabólica é comum a apatia, depressão e diminuição a estímulos, taquipneia inicial e bradpneia terminal. (BERGAMINI, 2012).

A apresentação da acidose respiratória cursa com taquicardia vasodilação e retenção de sódio e água aumentados. Esta enfermidade decorre de diversos distúrbios clínicos e pode levar à morte por hipóxia, é um desbalanço com um diagnóstico relativamente limitado e seu conhecimento é de suma importância na medicina veterinária (BERGAMINI, 2012).

A homeostase acidobásica do organismo é determinada em grande parte pelo bicarbonato e íons de hidrogênio, fisiologicamente ocorrem perdas de hidrogênio através de fezes e urina. Alguns distúrbios podem suceder do desbalanço iônico como alcalose respiratória ou metabólica e acidose respiratória ou metabólica. (KELLY, 1986).

DESENVOLVIMENTO

As avaliações laboratoriais de eletrólitos e relação ácido-base são imprescindíveis para a caracterização e avaliação da gravidade dos distúrbios do equilíbrio de fluidos e permitem ao veterinário instituir terapêuticas corretivas apropriadas. (JOHNSON, 1995)

O organismo em caso de sobrecarga acida utiliza de meios de defesa, como o tamponamento extracelular pelo bicarbonato, a excreção aumentada de dióxido de carbono pela respiração, tamponamento ósseo, intracelular e aumento da excreção renal de hidrogênio. Estes mecanismos tem como objetivo manter a homeostase ácido básica e o PH em níveis compatíveis com a vida. (ROCHA, 2019).

O pulmão exerce um importante papel na regulação do PH do organismo através do controle da concentração de co2 sanguíneo, sua eliminação ou retenção é dada conforme os níveis séricos. A ação pulmonar de controle é iniciada poucos instantes após qualquer nível de desequilíbrio. (FURONI, et al, 2010).

Enfermidades importantes nas quais a avaliação do estado eletrolítico e acidobásico devem ser considerados importantes para o tratamento de equinos, incluem cólica, diarreia, peritonite, pleurite, alterações neurológicas, rabdomiólise e insuficiência renal. (JOHNSON, 1995).

Os equinos que apresentam desidratação causada pela enfermidade primária possuem um déficit na perfusão sanguínea e oxigenação tecidual, consequentemente aumento da produção de ácido lático pelo metabolismo anaeróbico, fator comumente relacionado ao desenvolvimento de acidose metabólica em equinos desidratados. (MOORE et al 1977).

Animais que demonstrem alterações possuem a necessidade do acompanhamento criterioso de um clínico após episódios de enfermidades ou desgaste físico, para intervenção terapêutica para correção do desequilíbrio metabólico gerado. (SABES, 2017).

 

CONCLUSÃO

A acidose metabólica trata-se de um distúrbio acidobásico gerado por diversas disfunções primárias, sejam elas patológicas ou por excesso de esforço muscular, independente da causa o animal deve ter um acompanhamento e instauração de tratamento para retomar a homeostase bem como a solução da enfermidade primária.

REFERÊNCIAS

KELLY, W.R. Sangue e órgão formadores de sangue. / Diagnóstico Clínico Veterinário. 3 ed. Rio de Janeiro: Interamericana. 1986.

CUNNINGHAM, J.G. Digestão e absorção: os processos não fermentativos / Tratado de fisiologia veterinária. 3 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan. 2004.

ROCHA, P, N. Uso de bicarbonato de sódio na acidose metabólica do paciente gravemente enfermo – Sodium bicarbonate in the critically Ill patient with metabolic acidosis. Bras Nefrol. 2009: vol.31p.297-306.

BERGAMINI, B. Seminário: Transtornos Metabólicos Dos Animais Domesticos-PPGCV UFRGS 2012.

FURONI, R.M, NETO, S.M.P, GIORGI, R.B, GUERRA, E.M.M. Distúrbios do equilibrio ácido básico. Acid basic disorders. Revista Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba. v. 12, p. 5 -12, 2010

JOHNSON, P.J. Electrolyte and acid-base disturbances in the horse. Vet Clin North Am Equine Pract.v.11, p.491-514, 1995.

MOORE, J.N. A review of lactic acidosis with particular reference to the horse. Journal Equine Med Surg, v.1, p.96-105, 1977.

SABES, A.F. GRAVENA, K. HERDANDEZ-TOVAR, M.C. CANELLO, V.A. BERNARDI, N.S. QUEIROZ, D.J. OLIVEIRA, J.A. LACERDA, J.C.  Alterações hemogasométricas em equinos submetidos à distensão do cólon menor. Arq. Bras. Med. Vet. Zootec., v.69, p.1083-1088, 2017.

 

Posts relacionados

Adoção de Potros Órfãos

heitor

Avaliação Hematológica de Equinos – Hematócrito como Fonte de Pesquisa Clínica e Esportiva

Redação InfoEquestre

O colapso dos cavalos de corrida: A importância do exame post-mortem

Redação InfoEquestre

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Mais