Info Equestre
Notícias

Exostose Anular Interfalângica (Ringbone)

Exostose Anular Interfalângica (Ringbone) 1

EXOSTOSE ANULAR INTERFALÂNGICA (RINGBONE)

 

A Exostose anular interfalângica em equinos, mais conhecida como “Ringbone” é uma afecção dolorosa caracterizada por crescimento ósseo intrarticular, acomete a primeira e segunda articulação interfalangeana (anel baixo) ou a articulação do metacarpo (anel alto), gerando uma artrite.

É causada por lesões mecânicas como estrangulamento, excesso de peso, traumas, trabalho em piso duro, tração excessiva dos ligamentos e da cápsula articular por excesso de esforço ou por conformações errôneas, onde ocorre um desgaste maior dos ligamentos laterais ou mediais (RUIZ 1981).

O deslocamento da articulação e a ruptura do tendão flexor no processo piramidal podem originar a condromatose e periostose das bordas articulares, essa condição gera tumefação anular de consistência dura na região da coroa do casco ou entre a região interfalangeana distal além da progressão da inflamação e do processo proliferativo articular que induz a degeneração dessa cartilagem gerando dor ao movimento.

A dor está associada ao processo inflamatório inicial, onde pode ocorrer laminite e varia de acordo com o acometimento articular, na formação de uma exostose extra-articular a claudicação pode desaparecer quando o animal fica em repouso, porém quando retorna às atividades ela reicide conforme o trabalho se intensifica.

Exostose Anular Interfalângica (Ringbone) 2

De acordo com RICE (2019), a afecção ocorre em cavalos de meia-idade à mais velhos e não há uma modalidade esportiva predisponente, porém trabalhar animais muito jovens, que não possuem as articulações e tendões completamente formados em piso duro pode ser um grande fator predisponente.

O diagnóstico é feito com exame clínico minuscioso além de bloqueio local e articular, inicialmente é comum encontrar um processo inflamatório nos cascos (laminite), porém ela deixa de ser a causa principal quando o proprietário relata claudicação após o aquecimento do animal. É necessário portanto exames complementares de imagem como raio-x e ultrassom

O tratamento clínico consiste em repouso de longa duração com o objetivo de promover anquilose da articulação e com isso cessar a dor, uso de AINES, suplementação com glucosamina ou condroitina, infiltração articular com corticoesteróides, álcool ou ácido hialurônico, correção de aprumos e ferrageamento ortopédico para impedir a movimentação da articulação interfalangeana distal, ainda há a opção do uso do plasma rico em plaquetas ou de terapia com células tronco.

O tratamento cirúrgico pode ser por artrodese e raspagem da cartilagem ou uso de crioterapia com nitrogênio intra-articular, há também a possibilidade de fazer uma neurectomia bilateral para diminuição da dor e claudicação, porém o processo degenerativo continua.

O prognóstico de Ringbone é favorável para a vida do animal e desfavorável para o esporte, já que é irreversível, porém ainda pode ser usado em caminhadas leves e curtas em piso macio.

 

Os melhores conteúdos em medicina veterinária equina estão aqui na Informativo Equestre. Mais de 500 conteúdos inéditos para você por apenas 80,00 reais por ano. Então assine !

BIBLIOGRAFIA

BATAGLIN, C.; CAMARGO GÓSS, G.; HOHGRAEFE, E.; MARTINS PARODES, B.; DA SILVA AZEVEDO, M. RINGBONE EM EQUINO: RELATO DE DOIS CASOS. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 1, 14 fev. 2020.

RM,RUIZ. Afecciones podales del caballo. 1981. Monografías de Medicina Veterinaria. Universidad del Chile.

RICE,D.E. Equine Ringbone: Process, Progress and Prognosis. The Horse,2019. Acessado em: 26 mar. 2020. Online. Disponível em: https://thehorse.com/110328/equine-ringbone-process-progress-and-prognosis/

ALDERMAN,L. Ringbone in horses- Diagnosis & Treatment. Irongate Equine Clinic, 2017. Acessado em: 26 mar. 2020. Online. Disponível em: https://www.irongateequine.com/education/2017/8/24/ringbone

 

AUTORA: Amanda Petroucic Moreno, 7 período, Centro Universitário Moura Lacerda

 

 

Posts relacionados

Uso de Alfafa na Nutrição de Equinos

Redação InfoEquestre

Coronavírus: uma ameaça emergente

Redação InfoEquestre

Diagnostico de Problemas Respiratórios em Cavalos de Esporte

hugo garcia da silveira 16996446886

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Mais