Info Equestre
Oftalmologia Edição 3° Ano 2018

Enucleação em equinos.

Enucleação em equinos
v . 3 , n. 12 (2018)

Enucleação em equinos

O cavalo, devido ao ambiente em que vive, está sujeito a afecções frequentes da córnea e da conjuntiva e possui tecidos oculares bastante expostos a bactérias e fungos, principalmente Aspergillus spp. e Fusarium spp. As ceratites ulcerativas bacterianas e fúngicas, bem como as ceratites fúngicas não ulcerativas, caracterizadas principalmente pelo abscesso estromal, são frequentes nessa espécie (GALERA et al., 2012). São ainda acometidos por outras afecções oculares como uveíte recorrente (DEARO e SOUZA, 2000) e carcinoma de células escamosas, considerada a segunda neoplasia cutânea mais comum nesta espécie (SCOTT e MILLER, 2004).

Você precisa de um PLANO DE ASSINATURA

Entrar
*
Usuário
O nome de usuário não pode ser deixado em branco.
Please enter valid data.
*
Senha
A senha não pode ser deixada em branco.
Please enter valid data.
Por favor, insira pelo menos 1 caracteres.
Entrar
 
 
 

Posts relacionados

Shockwave, a onda de choque que auxilia na recuperação de lesões

Redação InfoEquestre

“Kissing Spines” em Cavalos

Redação InfoEquestre

Acupuntura aplicada à Medicina Equina

Redação InfoEquestre

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Mais

ASSINE AGORA 

O maior portal técnico Equestre com + de 600 conteúdos disponível com publicações diárias.
 
ASSINAR
close-image
error: Conteúdo protegido !!