Info Equestre
Reprodução Edição 2° Ano 2017

Hormonioterapia na Sincronização de Estro e Indução da Ovulação em Éguas

Hormonioterapia na Sincronização de Estro e Indução da Ovulação em Éguas 1
V.2, n.53 (2017)

Hormonioterapia na Sincronização de Estro e Indução da Ovulação em Éguas

Na espécie equina, há grande variabilidade na duração do período estral e no período entre seu início e a ovulação. As éguas são consideradas poliéstricas estacionais, ou seja, têm ciclo reprodutivo dividido em período de competência sexual (Estação reprodutiva) durante a primavera/verão e de incompetência sexual (Estação não reprodutiva) no outono/inverno, sendo esta característica marcante nas regiões onde há grande variação fotoperiódica durante o ano, fazendo com que fora desta estação elas apresentem períodos prolongados e anovulatórios (Transição de primavera e transição de outono), além do anestro que se estenderá de maio à agosto no Brasil, conforme Oliveira e Souza, 2003.

Você precisa de um PLANO DE ASSINATURA

Entrar
*
Usuário
O nome de usuário não pode ser deixado em branco.
Please enter valid data.
*
Senha
A senha não pode ser deixada em branco.
Please enter valid data.
Por favor, insira pelo menos 1 caracteres.
Entrar
 
 
 

Posts relacionados

Oxigenioterapia (Terapia Hiperbárica) na Medicina de Equinos

Redação InfoEquestre

Atenção aos dentes dos potros

Redação InfoEquestre

Causas mais comuns do aborto em éguas

Redação InfoEquestre

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Mais

ASSINE AGORA 

O maior portal técnico Equestre com + de 600 conteúdos disponível com publicações diárias.
 
ASSINAR
close-image
error: Conteúdo protegido !!