Info Equestre
Edição 6º Ano 2021 Neonatologia

Septicemia Neonatal Equina

Septicemia Neonatal Equina

V.6, Ed.1, N.15(2021)

                             Septicemia neonatal equina      

                               Neonatal equine septicemia                                                                                 

  ALVES, G. A1.; MACHADO, A. S2.; INCHAUSPE, D. S3.; COSTA, G. R. V4               

                               Graduandos em Medicina Veterinária pela Universidade Federal do Pampa                                 

 (UNIPAMPA)-Uruguaiana/RS         [email protected]

Resumo          

Após o nascimento, o potro passa de um ambiente extremamente favorável dentro do útero materno, para um ambiente hostil, com predadores, variações de temperatura e onde há a necessidade de adquirir independência alimentar. Assim, durante os primeiros meses de vida, os neonatos são submetidos a desafios e sofrem diferentes adaptações fisiológicas, como a aquisição de imunidade passiva pela ingestão de colostro e a modulação da imunidade ativa pelo contato com o ambiente.

Os equinos neonatos apresentam deficiência imunológica, uma vez que quase não possuem imunidade humoral e a imunidade de origem celular não está suficientemente estabelecida. A transferência intrauterina de imunidade materna para o feto equino é impedida devido ao tipo de placenta da espécie (epiteliocorial difusa), que atua como uma barreira à passagem de grandes moléculas como as imunoglobulinas, desta forma, a transferência passiva via colostro é fundamental para a proteção contra infecções no período neonatal.

Distúrbios patológicos durante a gestação, parto ou periparto, devem ser precedidos por acompanhamento intensivo do neonato por até 48h de vida. No entanto, existem patologias, como, por exemplo, a septicemia neonatal que é a principal causa de óbito em potros com até sete dias de vida.

A septicemia ocorre em consequência a uma infecção generalizada de vários órgãos. Os potros são acometidos ainda na vida uterina ou logo após o parto. A causa mais comum é a falta de imunidade passiva adquirida através do colostro.

Palavras-chave: Neonatologia; septicemia; imunidade; patologia; cavalo

 

Abstract                                                                                                                                                                                                                                                                            After birth, the foal moves from an extremely favorable environment inside the mother’s womb, to a hostile environment, with predators, temperature variations and where there is a need to acquire food independence.

Thus, during the first months of life, newborns are subjected to challenges and undergo different physiological adaptations, such as the acquisition of passive immunity through the ingestion of colostrum and the modulation of active immunity through contact with the environment. Neonatal horses have immunological deficiency, since they have almost no humoral immunity and the immunity of cellular origin is not sufficiently established.

The intrauterine transfer of maternal immunity to the equine fetus is prevented due to the type of placenta of the species (diffuse epithelial core), which acts as a barrier to the passage of large molecules such as immunoglobulins, thus, passive transfer via colostrum is essential for the protection against infections in the neonatal period.

Pathological disorders during pregnancy, childbirth or peripartum, must be preceded by intensive monitoring of the newborn for up to 48 hours of life. However, there are pathologies, such as neonatal septicemia, which is the main cause of death in foals up to seven days old. Septicemia occurs as a result of a generalized infection of several organs. Foals are affected in uterine life or shortly after delivery. The most common cause is the lack of passive immunity acquired through colostrum.

 

Keywords: Neonatology; septicemia; immunity; pathology; horse

PARA CONTINUAR, ASSINE UM PLANO 
Entrar
*
Usuário
O nome de usuário não pode ser deixado em branco.
Please enter valid data.
*
Senha
A senha não pode ser deixada em branco.
Please enter valid data.
Por favor, insira pelo menos 1 caracteres.
Entrar
 
 
 

Posts relacionados

Parto Distócico e suas Complicações Pós-Parto

Redação InfoEquestre

Salmonelose em Potros

Redação InfoEquestre

Isoeritrólise Neonatal Equina

hugo garcia da silveira 16996446886

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Mais

error: Conteúdo protegido !!

ASSINE AGORA

O maior portal técnico Equestre com + de 600 conteúdos disponível com publicações diárias.

Congresso
100% ONLINE
100% Idealizado pela InfoEquestre