Info Equestre
Diagnostico por Imagem

Endoscopia Do Sistema Respiratório dos Equinos

Endoscopia Do Sistema Respiratório dos Equinos

Endoscopia Do Sistema Respiratório

A endoscopia é uma técnica de diagnostico por imagem que permite a visualização do interior de órgãos ocos por meio de um instrumento óptico, chamado endoscópio, possibilitando também a realização de biopsias e intervenções cirúrgicas na cavidade ou órgão em questão. O primeiro registro da realização da endoscopia na medicina veterinária ocorreu em 1871 (BARREIRA, 2006).

É um exame minimamente invasivo, seguro e com duração relativamente reduzida., por esta razão, utilizado com a finalidade de diagnóstico e tratamento de uma vasta gama de doenças. Para a realização, recomenda-se que o animal esteja sedado para maior precisão no diagnóstico (MUCCIACITO, 2006).

Endoscopia do sistema respiratório

A endoscopia é um dos principais meios de diagnostico do sistema respiratório superior, é possível realizar uma inspeção detalhada com o endoscópio desde as narinas até a carina, sendo ideal que o exame seja realizado com animal em descanso, em estação e contido. Em alguns casos devem-se analisar as estruturas durante a deglutição, podendo induzi-la, e durante oclusão nasal temporária (HINCHCLIFF, et al. 2004).

Existe a possibilidade da realização do exame com o animal em movimento, através da endoscopia dinâmica, avaliando o animal em exercício em cima de uma esteira de alta velocidade, essa análise pode ser utilizada em casos de suspeita de deslocamento de palato mole ou hemiplegia laríngea de grau 2/3 (HINCHCLIFF, et al. 2004).

 

Leia: Catarata em Equinos

Segundo Pereira (2017), para as patologias das bolsas guturais, a avaliação endoscópica é o método diagnóstico que mais nos fornece informação. A aba cartilagínea que cobre o orifício da tuba auditiva, que nos dá acesso à bolsa gutural, deve ser abduzida ou elevada para que o endoscópio avance e, para isto, utiliza-se de preferência um instrumento de biópsia flexível passado pelo canal de biópsia do endoscópio.
O endoscópio é encaminhado por via nasal ventral e medial, sendo dirigido para a porção dorsal da bolsa gutural ipsilateral, então o instrumento de biópsia deve ser colocado por baixo da aba cartilagínea até estar bem posicionado na bolsa gutural, a partir daí o endoscópio é rodado contra o sentido do relógio para entrar na bolsa gutural direita e no sentido do relógio para entrar na bolsa gutural esquerda, sendo que ambas devem ser examinadas.

Já em patologias que acometem os seios paranasais não é possível passar o endoscópio através da abertura nasomaxilar por se tratar de uma fenda estreita, porem, o uso da endoscopia nos permite excluir outras causas de corrimento nasal unilateral, como alterações das cavidades nasais ou bolsas guturais. A sinusite é diagnosticada quando há a presença de corrimento mucopurulento ou hemorrágico no ângulo de drenagem dos seios, na porção caudal do meato médio (PEREIRA, 2017).

Sinoscopia

Existe também a possibilidade de realizar a sinoscopia, endoscopia dos seios paranasais, na qual o endoscópio entra diretamente pelos seios paranasais através de uma abertura cirúrgica, como um orifício de trepanação. Além de permitir a inspeção do interior do seio, permite a colheita de amostras para cultivo microbiano facilitando o tratamento das lesões (PEREIRA, 2017).

Conclusão

As enfermidades respiratórias têm grande importância em termos patológicos e econômicos, com elevada incidência na população desportiva de equinos. As tecnologias dos meios de diagnostico estão cada vez mais precisas, possibilitando a identificação precoce do problema e que o tratamento adequado seja feito o mais breve possível.

TEXTO POR: Lorena Maria Monteiro Florenço, 10° Período, Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, Governador Celso Ramos.

REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS Endoscopia Do Sistema Respiratório dos Equinos

BARREIRA, Anna Paula Balesdent. Técnica Endoscópica. 2006. Disponível em: <http://ucbweb.castelobranco.br/webcaf/arquivos/13059/5566/Tecnica_Endoscopica.pdf>. Acesso em: 14 abr. 2018.
Hinchcliff KW, Kaneps AJ, Geor RJ “Chapter 2 Clinical exercise testing: evaluation of the poor performing athlete” Equine Sports Medicine and Surgery 1ª Edição, Saunders Elsevier, 12. 2004.
MUCCIACITO JR, D.A. Estudo da correlação entre hemorragia pulmonar induzida por exercício e alterações das vias aéreas anteriores e traqueia identificadas por exame endoscópico em eqüinos da raça puro sangue inglês no Jockey Club de São Paulo. 140 f. Dissertação (Mestrado em Medicina Veterinária) – Programa de Pós Graduação em Clínica Cirúrgica Veterinária da Faculdade de Medicina e Veterinária e Zootecnia, São Paulo, 2006.
PEREIRA, Carolina Nogueira. PATOLOGIAS DO TRATO RESPIRATÓRIO SUPERIOR EM EQUINOS: SEIOS PARANASAIS E BOLSAS GUTURAIS. 2017. 37 f. Monografia (Especialização) – Curso de Medicina Vterinária, Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, Porto, 2017.

Posts relacionados

Venografia em Equinos

Hugo

Cintilografia Nuclear em Equinos. Saiba Mais

Hugo

Deixe uma resposta

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Mais

Política de Privacidade e cookies